ensaio
Adriana e Mauricio

Firenze por si é descrita pelas poesias que o ar ressoa. Em suas vielas, Adriana e Maurício celebraram o começo de passos largos e juntos. O início do “nunca mais só”. A junção de sobrenomes, talheres e filmes. Foi um ensaio não sobre o amor, mas sobre as inúmeras formar de amar. A sintonia soou entre as igrejinhas, o marrom da cidade e as flores das casas angelicais. Prosa nova, sem fim à vista.

popup image
popup image